Seja Sócio Fórum
24 de março de 2019, 20h51

Secretário da Receita ataca deputados e sugere que reforma da Previdência pode naufragar

Marcos Cintra postou mensagem na qual diz que os parlamentares “não se mostram dispostos a apoiar a Nova Previdência”

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil
O governo Bolsonaro e seus aliados continuam “batendo cabeça”, especialmente na condução do projeto de reforma da Previdência. Como se não bastasse o confronto entre o presidente e Rodrigo Maia nas redes sociais, agora o secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, resolveu entrar na briga e atacar parlamentares. Cintra, ligado ao ministro da Economia, Paulo Guedes, tuitou: “Já que os deputados acham que seus pedidos não estão sendo atendidos e não se mostram dispostos a apoiar a Nova Previdência, que a sociedade se articule para cobrar de seus representantes as razões que justificam eles sacrificarem o país e fazerem o...

O governo Bolsonaro e seus aliados continuam “batendo cabeça”, especialmente na condução do projeto de reforma da Previdência. Como se não bastasse o confronto entre o presidente e Rodrigo Maia nas redes sociais, agora o secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, resolveu entrar na briga e atacar parlamentares.

Cintra, ligado ao ministro da Economia, Paulo Guedes, tuitou: “Já que os deputados acham que seus pedidos não estão sendo atendidos e não se mostram dispostos a apoiar a Nova Previdência, que a sociedade se articule para cobrar de seus representantes as razões que justificam eles sacrificarem o país e fazerem o povo pagar a conta”.

A mensagem de Cintra, além de ser uma maneira de incitar os bolsonaristas, deixa evidente que a reforma da Previdência do governo tem boas chances de não passar.


Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum

#tags