“Porcos machistas” serão banidos do Tinder, diz vice-presidenta da empresa

“Todos os dias nós trabalhamos para livrar nosso ecossistema de parasitas como vocês”, escreveu, em carta aberta, uma executiva do aplicativo de relacionamentos. Inicitiva vem como resposta à casos de desrespeito e machismo que viralizaram nas redes. Leia

Por Redação

Usuários do aplicativo de relacionamentos Tinder que forem considerados machistas ou desrespeitosos serão banidos da plataforma. Em carta aberta publicada no início deste mês – o Mês da Mulher – a vice-presidenta de comunicação da companhia, Rosette Pambakian, disse que não serão mais tolerados na rede de relacionamento usuários que assumam postura desrespeitosa, machista ou sexista.

“O Tinder tem uma política que não tolera desrespeito. Sem discursos sexistas. Sem porcos machistas. Sem brincadeiras de mau gosto. Sem babacas incapazes de superar suas ineptidões tempo suficiente para ter uma conversa decente com outra pessoa no Tinder”, escreveu.

O posicionamento da marca vem como resposta ao caso do usuário “Nick”, que chamou a usuária com quem estava se relacionando de “vadia”, entre outros xingamentos. O caso repercutiu nas redes sociais depois que a vítima publicou prints da conversa.

“Eu fiquei pessoalmente ofendida com o que você disse. As suas palavras para aquela mulher foram um ataque, não só contra ela, como contra todas nós. Todos os dias, nós trabalhamos para livrar nosso ecossistema de parasitas como você”, disse a executiva.

Leia a íntegra em português:

Ei, Nick (e todos que se comportam como ele),

Nós estamos varrendo vocês para longe.

O Tinder tem uma política que não tolera desrespeito. Sem discursos sexistas. Sem porcos machistas. Sem brincadeiras de mau gosto. Sem babacas incapazes de superar suas ineptidões tempo suficiente para ter uma conversa decente com outra pessoa no Tinder.

Eu fiquei pessoalmente ofendida com o que você disse. As suas palavras para aquela mulher foram um ataque, não só contra ela, como contra todas nós. Todos os dias, nós trabalhamos para livrar nosso ecossistema de parasitas como você. Eu nunca vou entender por que alguém escolhe espalhar ódio pelo mundo, mas você não tem essa opção no Tinder. Ódio não é uma opção e nós continuaremos a enfrentá-lo onde quer que ele mostre sua cara feia.

Você tem muito a aprender, Nick. Vejo que você estudou negócios globais e que participou dos programas para jovens empreendedores e de gestão de tecnologia da sua universidade. Excelentes escolhas. Já que agora vai ter que procurar muito para encontrar uma empresa que contrate você. Não sei se soube, mas mais e mais mulheres estão se tornando empreendedoras e líderes empresariais de sucesso. Obviamente, você não andou prestando atenção. A voz feminina está ficando cada vez mais abrangente. Então deixe-me dizer isso em alto e bom som: você e o seu tipo não são bem-vindos no nosso mundo.

E nós temos o poder para manter você fora dele.

Rosette Pambakian
Vice-presidente de comunicação e marca
Tinder

 

No artigo