Blog do George Marques

direto do Congresso Nacional

08 de fevereiro de 2019, 06h02

Senador bêbado teve que ser retirado à força de gabinete

No último dia de mandato como senador e aparentando estar embriagado, Hélio José (MDB-DF) trancou-se em seu gabinete e não saiu do local enquanto segurança do Senado não apareceu para resolver o impasse

Nota de esclarecimento

A nota publicada na manhã de hoje (8/2) que tratava de uma ocorrência com o ex-senador Helio José (MDB-DF) foi retirada do blog por orientação do editor da Revista Fórum, Renato Rovai. No seu lugar está sendo publicada a carta enviada para a redação pelo ex-senador. Como a nota era baseada em informações em off, a coluna retomou as apurações para tentar declarações em on ou provas de que a história relatada de fato ocorreu.

Nota oficial

Em época da força das redes sociais, no dia a dia da sociedade, fica mais pertinente a um profissional de imprensa se cercar de todos os cuidados possíveis para manter a credibilidade da reportagem que assina em sua produção, e tomando todo cuidado possível pra nao cair no ridículo, ouvindo os lados envolvidos para não escrever algo nefasto à sua profissão e virar fake news.

É fraude criminosa tentar atingir a honra de uma pessoa, usando de fontes tão fakes quanto a reportagem.

Em momento algum fui ouvido pelo repórter da Fórum sobre a desocupação do gabinete que usava como senador da República.

Sai do gabinete, no dia 31 do ano corrente, às 19h30 e pedi aos meus assessores que no máximo até às 22h00 tudo estivesse desocupado, para que o pessoal da TI do Senado Federal instalasse novos computadores para o parlamentar que doravante assumiria o gabinete 19 da Ala Teotônio Vilella.

Não tenho nenhum incidente com relação a isso, como pode ser verificado com toda a segurança do Senado Federal ou com o Senhor TANCREDI, Servidor do Senado responsável pela transição.

Vale lembrar, que não bebo e nem posso colocar uma gota de bebida alcoólica na boca em função de dois fatores, o respeito a minha família e a diabetes da qual sou portador.

Sou um democrata por natureza e sei que o cargo parlamentar é passageiro, e depende do eleitor, para se continuar ou não com o mandato.

Eterna é a instituição Senado Federal e Senador da República Federativa do Brasil… Uma vez Senador sempre Senador!

Portanto, a fraude cometida pela reportagem tem que ser precedida de retificação e um pedido de desculpas se faz mister.

A revista Fórum não pode se pautar por notícias falsas para não comprometer a sua credibilidade, algo que no jornalismo, quando se perde, não se recupera nunca mais.

Diante da violência cometida com o meu nome, e por consequência contra minha família, solicito retratação imediata da inverdade publicada.

Até porque, podemos resolver a fake news amigavelmente, sem a necessidade de uma ação judicial por crime contra a honra e reparação de danos morais em virtude da notícia falsa.

O Estatuto do Senado Federal permite que como ex-senador titular de mandato possa entrar e circular à vontade nas dependências da Casa, sem ser importunado pela Polícia Legislativa, inclusive podendo acessar a qualquer sessão legislativa.

O bom jornalismo se pratica com a verdade dos fatos e não com a verdade dos fatos e não com fake news.

Sou amigo dos Servidores do Senado e dos Senadores da 55 e 56 legislatura e tenho amizade, respeito e carinho pelo novo Presidente do Senado Federal Senador Davi Alcolumbre e toda nova Mesa Diretora.

Hélio José – Senador da República na 55 legislatura (2015/2019).