18 de setembro de 2018, 09h13

Sheherazade decepciona seguidores com postagem contra Bolsonaro: “#elenao”

A apresentadora tuitou ainda: “Isso não é um apoio aos comunistas. É um repúdio aos fascistas!”

Rachel Sheherazade. Foto: Reprodução

A jornalista Rachel Sheherazade, conhecida por suas posições de extrema direita, surpreendeu o Twitter na manhã desta terça-feira (18) e foi parar nos Trend Topics com um post onde afirma ser mulher que cria dois filhos sozinha, seguido da hashtag #elenao, usada nas redes em tom de repúdio ao candidato à presidência Jair Bolsonaro.

“Sou mulher. Crio dois filhos sozinha. Fui criada por minha mãe e minha avó. Não. Não somos criminosas. Somos HEROÍNAS! #elenao

Ao ser criticada pela postagem, Sheherazade começou a bater boca com os internautas. Em uma das postagens a apresentadora escreveu: “Pare de se iludir e tentar encobrir todas as atrocidades do seu candidato. Faça um exame de consciência e veja se é esse clima de ódio que vc deseja para o nosso país. Abraços!” e ainda retrucou: “Isso não é um apoio aos comunistas. É um repúdio aos fascistas!”

Não é de hoje que Rachel Sheherazade cria polêmicas, tanto nas redes quantos nos programas que apresenta. Entre elas, reclamou que o colega Chico Pinheiro não foi demitido quando teve vídeo defendendo Lula vazado nas redes.

É comum também a apresentadora defender a ação de justiceiros. Ao ser criticada em comentário feito em 2014 sobre a agressão a um suspeito de assalto no Rio de Janeiro, que foi amarrado nu a um poste, disse: “O que ganhei com isso? A perseguição e o ódio de grupos de esquerda, que preferem defender o bandido a proteger o cidadão”.

O post desta terça recebeu várias curtidas e comentários de espanto. Veja algumas abaixo: