03 de novembro de 2018, 12h32

Silvio Santos analisa voltar com Semana do Presidente para agradar Bolsonaro

O programa foi exibido durante a ditadura militar até os governos de FHC e interrompido nos governos petistas

O boletim criado durante a ditadura militar “Semana do Presidente” pode voltar a ser exibido. É o que informa o jornalista Flávio Ricco, colunista do UOL.  “Trata-se de um pequeno boletim criado no último mandato do Regime Militar, pelo presidente João Figueiredo. Exibido até o governo Fernando Henrique Cardoso, o programa foi usado como mais um recurso para estimular o ufanismo e aumentar a popularidade do governo”, diz o colunista.  O SBT pode recriar o programa por conta da vitória de Jair Bolsonaro. O dono da emissora, Silvio Santos, negou apoio ao candidato durante a campanha.

O boletim criado durante a ditadura militar “Semana do Presidente” pode voltar a ser exibido. É o que informa o jornalista Flávio Ricco, colunista do UOL. 

“Trata-se de um pequeno boletim criado no último mandato do Regime Militar, pelo presidente João Figueiredo. Exibido até o governo Fernando Henrique Cardoso, o programa foi usado como mais um recurso para estimular o ufanismo e aumentar a popularidade do governo”, diz o colunista. 

O SBT pode recriar o programa por conta da vitória de Jair Bolsonaro. O dono da emissora, Silvio Santos, negou apoio ao candidato durante a campanha.