Imprensa livre e independente
11 de novembro de 2018, 21h29

Silvio Santos diz para Cláudia Leitte que ela o deixa excitado e cria mal-estar

O episódio causou mal-estar e o apresentador ganhou vários comentários negativos nas redes

Foto: Reprodução SBT
Silvio Santos disse para a cantora Claudia Leitte neste sábado (10), durante o programa Teleton, que não iria abraça-la pois iria ficar excitado. O episódio causou mal-estar e o apresentador ganhou vários comentários negativos nas redes. Leia também: Claudia Leitte desabafa sobre assédio de Silvio Santos: “Senti-me constrangida sim!” Assédio sexual não é elogio. É uma manifestação grosseira, invasiva e é independente da vontade da pessoa a quem é dirigida. Assédio sexual é crime. Nojento isso: – Vc me deixa excitado com essa roupa. – Uma excitação de euforia né? – Não. Excitação de ficar excitado mesmo. pic.twitter.com/m9hIKk0XWS — Elika Takimoto...

Silvio Santos disse para a cantora Claudia Leitte neste sábado (10), durante o programa Teleton, que não iria abraça-la pois iria ficar excitado. O episódio causou mal-estar e o apresentador ganhou vários comentários negativos nas redes.

Leia também: Claudia Leitte desabafa sobre assédio de Silvio Santos: “Senti-me constrangida sim!”

“Esse negócio de ficar dando abraço me excita e eu não posso ficar excitado”, disse o dono do SBT.

A cantora tentou contornar a situação. “No sentido feliz da palavra, de alegria, euforia, né?”, afirmou. No entanto, Silvio insistiu dizendo que “é excitação mesmo”. “Agora, eu acho que o meu marido tem uma razão para ficar chateado”, respondeu Claudia Leitte.

Veja também:  Bolsonaro presidente me decepciona demais, diz Alexandre Frota

Silvio continuou fazendo comentários sobre a aparência e roupas da cantora. “Balancinho é minha música nova, mas eu já estou quase pensando em ‘vazar'”, disse a artista, visivelmente incomodada.

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum