Imprensa livre e independente
28 de novembro de 2018, 15h55

“Sou o cara que está com o presidente nos churrascos”, diz Eduardo Bolsonaro em agenda “diplomática” nos EUA

Apesar de não ser parte do corpo diplomático e nem da equipe de transição, o deputado participou de encontro com investidores e empresários, onde criticou as relações com a China e prometeu que os Estados Unidos voltarão a ser o maior parceiro comercial do Brasil.

Filho do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), o deputado federal reeleito Eduardo Bolsonaro (PSL/SP) está cumprindo agenda de diplomata nos Estados Unidos e prometendo ações em nome do governo brasileiro. Em encontro com empresários e investidores, o deputado eleito disse que não é parte do governo de transição, mas é “o cara que está com o presidente durante os churrascos”. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo desta quarta-feira (28). Na mesma reunião, Eduardo disse que a China é hoje o principal parceiro comercial do Brasil por uma afinidade entre os “ex-presidentes” e prometeu que os Estados Unidos...

Filho do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), o deputado federal reeleito Eduardo Bolsonaro (PSL/SP) está cumprindo agenda de diplomata nos Estados Unidos e prometendo ações em nome do governo brasileiro. Em encontro com empresários e investidores, o deputado eleito disse que não é parte do governo de transição, mas é “o cara que está com o presidente durante os churrascos”. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo desta quarta-feira (28).

Na mesma reunião, Eduardo disse que a China é hoje o principal parceiro comercial do Brasil por uma afinidade entre os “ex-presidentes” e prometeu que os Estados Unidos voltará a ser o principal parceiro comercial do Brasil.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

“(A China) é o maior parceiro do Brasil não por causas naturais, mas porque nossos ex-presidentes quiseram fazer isso. Se trabalharmos para deixar o mercado livre e com políticas liberais, os Estados Unidos estarão de volta como principal parceiro comercial do Brasil”, afirmou ele no encontro, que aconteceu a portas fechadas.

Veja também:  Governo anuncia gastos de R$ 2,5 milhões em locação de carros para Bolsonaro e Mourão

O deputado voltou a dizer que o pai acredita que a China está “comprando o Brasil”. “Meu pai presta muita atenção nos movimentos sobre a China ao redor do mundo, normalmente fala ‘a China não está comprando do Brasil, a China está comprando o Brasil’. E nós não queremos ser a próxima Angola”, ressaltando que o futuro ministro Paulo Guedes – que “tem cartão branco do presidente para fazer tudo na economia” – dará detalhes em breve.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

Agenda cheia
Durante a passagem pelos Estados Unidos nessa semana, Eduardo Bolsonaro tem divulgado seus feitos “diplomáticos” pelo Twitter. Além de participar do aniversário do guru ultra-liberal Steve Bannon, o filho de Bolsonaro teve encontros com políticos republicanos, como os senadores Ted Cruz, do Texas, e Marco Rubio, da Florida.

O filho do presidente eleito do Brasil ainda encontrou-se com o empresário Jared Kushner, conselheiro da Casa Branca e genro do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na Casa Branca.

Agora que você chegou ao final desse texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais

Veja também:  Bolsonaro volta atrás sobre cargo no STF: “Nunca ninguém me viu com Moro”

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum