Imprensa livre e independente
18 de abril de 2019, 18h52

STF revoga decisão de Fux e libera entrevistas de Lula na prisão em Curitiba

Ministro Luiz Fux havia suspendido, em setembro de 2018, uma liminar concedida por Ricardo Lewandowski, que permitia entrevistas do ex-presidente

Foto: Ricardo Stuckert
O ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), revogou decisão de Luiz Fux e liberou nesta quinta-feira (18) o ex-presidente Lula para conceder entrevistas aos jornalistas Florestan Fernandes Júnior, Mônica Bergamo e outros profissionais que solicitarem autorização. O ministro Fux havia suspendido, em setembro de 2018, uma liminar concedida por Ricardo Lewandowski, que permitia entrevistas do ex-presidente na sede da superintendência da Polícia Federal, em Curitiba. ​Além de cassar a liminar e Lewandowski, Fux declarou que, se a entrevista já tivesse ocorrido, sua divulgação estaria censurada. Com informações de Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo   Veja também: ...

O ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), revogou decisão de Luiz Fux e liberou nesta quinta-feira (18) o ex-presidente Lula para conceder entrevistas aos jornalistas Florestan Fernandes Júnior, Mônica Bergamo e outros profissionais que solicitarem autorização.

O ministro Fux havia suspendido, em setembro de 2018, uma liminar concedida por Ricardo Lewandowski, que permitia entrevistas do ex-presidente na sede da superintendência da Polícia Federal, em Curitiba.

​Além de cassar a liminar e Lewandowski, Fux declarou que, se a entrevista já tivesse ocorrido, sua divulgação estaria censurada.

Com informações de Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo

 

Veja também:  Chico Buarque Paratodos

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum