Imprensa livre e independente
13 de janeiro de 2019, 17h11

Subcomandante da PM de Alagoas bate em mulher que comemorava noivado

O major André Dias, subcomandante de um batalhão da Polícia Militar de Alagoas, esbravejava contra participantes de uma festa de noivado por conta do barulho e, quando a noiva pediu calma, desferiu um tapa em seu rosto que a fez cair. Assista

Imagens que circulam nas redes sociais mostram o major André Dias, subcomandante do 4º Batalhão da Polícia Militar de Alagoas, agredindo uma mulher. O caso aconteceu na manhã do dia 25 de dezembro durante uma festa de noivado no bairro da Serraria, na capital Maceió. A vítima foi a noiva, que não teve o nome revelado. Na filmagem, é possível ver o major esbravejando contra um grupo de rapazes que estavam na festa, realizada na casa de um condomínio fechado. Ele estaria reclamando do barulho e, quando a noiva pediu “respeito”, desferiu um tapa contra o rosto da jovem, que...

Imagens que circulam nas redes sociais mostram o major André Dias, subcomandante do 4º Batalhão da Polícia Militar de Alagoas, agredindo uma mulher. O caso aconteceu na manhã do dia 25 de dezembro durante uma festa de noivado no bairro da Serraria, na capital Maceió.

A vítima foi a noiva, que não teve o nome revelado.

Na filmagem, é possível ver o major esbravejando contra um grupo de rapazes que estavam na festa, realizada na casa de um condomínio fechado. Ele estaria reclamando do barulho e, quando a noiva pediu “respeito”, desferiu um tapa contra o rosto da jovem, que tem 18 anos. Com a força do golpe, ela caiu em uma cadeira.

“Calma, capitão”, pediam os presentes.

O pai da vítima, que também é policial, sargento Albert, informou que sequer havia barulho quando o major abordou os participantes da festa. Ele ajudou sua filha a registrar um Boletim de Ocorrência na Delegacia Especializada da Mulher e o caso está sob investigação.

Em nota, o Comandante Geral da Polícia Militar de Alagoas informou que  “já tem conhecimento sobre o caso e já determinou a abertura de procedimento administrativo para apurar a conduta do Policial Militar e o afastamento deste do subcomando do 4º Batalhão de Polícia Militar enquanto estiverem sendo apurados os fatos contidos no vídeo”.

Veja também:  Anvisa vota hoje propostas para liberação do cultivo de maconha para fins medicinais e científicos

Assista.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum