#1964

15 de abril de 2019, 06h00

O confessionário das trevas no Brasil de Bolsonaro

Em sua coluna na Fórum, João Vicente Goulart conta histórias de torturadores da ditadura militar que foram homenageados em sessão de cinema na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo


14 de abril de 2019, 11h26

A macabra sessão de cinema da Assembleia Legislativa de São Paulo

Um grupo de deputados abriu as portas do auditório Paulo Kobayashi, dentro da Alesp, para a exibição do filme "1964, o Brasil entre armas e livros". A obra é da Brasil Paralelo, uma produtora que tem se especializado em reescrever a história do Brasil a partir de ideologias, distorções e mentiras


03 de abril de 2019, 20h16

Vélez diz que não houve ditadura no Brasil e quer recontar história nos livros didáticos

De acordo com o ministro da Educação, haverá mudanças progressivas" nos livros didáticos para que "as crianças possam ter a ideia verídica, real", do que foi o golpe de 1964 e a ditadura


01 de abril de 2019, 09h26

Após agressões em ato contra “regime militar genocida”, Democracia Corintiana reitera luta contra “tirania” do bolsonarismo

Em nota, coletivo Democracia Corinthiana relata ter reagido a fascistas que empunhavam sprays de pimenta, bastões de madeira e até um aparelho manual de eletrochoque


30 de março de 2019, 18h23

Presos em um loop temporal: os interesses ocultos em mudar a narrativa sobre 64

Para um indivíduo que estava em 64, a ideia de que tudo não passava de um movimento para salvar o país pode até fazer sentido, mas para um indivíduo de 2019 essa interpretação é inconcebível


29 de março de 2019, 22h38

Gilmar Mendes nega pedido para proibir manifestações do golpe de 64

A decisão do ministro, entretanto, não interfere na decisão da juíza Ivani Silva da Luz, da 6ª Vara Federal em Brasília, que atendeu ao pedido da Defensoria Pública da União (DPU) e ordenou às Forças Armadas que não comemorem dos 55 anos do golpe militar.


29 de março de 2019, 15h29

Deputado apresenta projeto para criminalizar apologia à ditadura militar

Márcio Jerry (PCdoB-MA) propõe que apologia à ditadura seja considerado crime com pena de detenção, de três a seis meses, ou multa


29 de março de 2019, 08h33

Carta assinada por Buarque, Wyllys e Nobel da Paz pede que STF proíba comemorações do golpe

"Governo constitucional não festeja tortura", diz documento, que se soma ao MP e OAB, entre outras instituições, em repúdio à ordem de Bolsonaro aos quartéis


29 de março de 2019, 06h00

“Nunca se confiou tanto na falta de memória de um país”, diz Jean Wyllys

Exclusivo: ex-deputado federal, diretamente de Berlim, onde está vivendo, concedeu entrevista à Fórum em que comentou a determinação de Bolsonaro para comemorar o aniversário do golpe de 1964 e revelou que a maioria das pessoas na Europa já sabem o que está acontecendo no Brasil; capital alemã terá manifestação contra elogio à ditadura


27 de março de 2019, 08h18

OCDE pode barrar entrada do Brasil por celebração do golpe ordenada por Bolsonaro, dizem especialistas

Entrada é articulada junto a Donald Trump, mas outros países podem recusar pedido por enxergar apologia à ditadura e traço autoritário do governo brasileiro


27 de março de 2019, 06h00

Preso e torturado na ditadura, Ivan Seixas dispara contra Bolsonaro: “Marginal da política”

Para o ativista, que chegou a ver seu pai morrer em uma sessão de tortura comandada pelo ídolo de Bolsonaro, a orientação do presidente para que se comemore o aniversário do golpe de 1964 apenas "prova, mais uma vez, que ele é um desequilibrado"


26 de março de 2019, 19h51

Joice Hasselmann, que hoje exalta 1964, condenava a ditadura

Após ser alvo de linchamento nas redes sociais por defender comemoração da Ditadura Militar no próximo dia 31, a deputada Joice Hasselmann começou a apagar tweets dela contrários ao Golpe de 1964; confira


25 de março de 2019, 09h21

Bolsonaro incentiva comemoração de aniversário do golpe de 64, no próximo dia 31

Ímpeto autoritário de Bolsonaro, que celebra a tortura, deve retomar as comemorações do "aniversário do golpe" em 31 de março; Planalto e generais tentam minimizar desgaste


31 de janeiro de 2018, 09h31

Por que 1964 era feio e 2016 é bacana?

Como agora o diabo veste toga, fala línguas, viaja pelo primeiro mundo, sabe se comportar e não dá vexame com os talheres e com o vinho, não há problema algum. Além do que, está tudo dentro da lei, dos incisos, dos parágrafos, das alíneas.


05 de outubro de 2017, 14h37

General da reserva publica artigo no Estadão defendendo intervenção militar

Jornal deu espaço ao general que, em texto, afirmou que uma intervenção militar seria legítima, mesmo sem amparo legal, em uma situação de agravamento da crise política, chegando até a citar 1964 como exemplo Por Redação Um dos jornais mais lidos do país, O Estado de S. Paulo, deu espaço, nesta quinta-feira (5), a um […]