#50 anos do golpe

07 de abril de 2014, 09h57

Última clandestina brasileira conta como enfrentou perseguição durante décadas

Maria José Malheiros nasceu Maria Neide Araújo Moraes, mas durante muito tempo não pôde contar a ninguém seu verdadeiro nome nem visitar a família sem ser perseguida pela ditadura iniciada em 1964


02 de abril de 2014, 10h18

Um torturador francês na ditadura brasileira

Documentação obtida por pesquisador na França traz detalhes sobre atividades de Paul Aussaresses, o carrasco de Argel, adido militar no Brasil dos anos 70


02 de abril de 2014, 10h00

O almanaque do golpe

Almanaques são menosprezados, alimento para cérebros preguiçosos. Mas algumas vezes fazem a radiografia de um ano inteiro, com panorâmica, como é o caso de Almanaque 1964 (fatos, histórias e curiosidades de um ano que mudou tudo – e nem sempre para melhor), de Ana Maria Bahiana


02 de abril de 2014, 09h12

Sessão solene sobre golpe militar é marcada por polêmicas

O presidente da sessão, Amir Lando, decidiu encerrar o evento após manifestantes se recusarem a virar de frente para ouvir o discurso do deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ), favorável ao período da ditadura militar."Vocês vão ser torturados com algumas verdades aqui. Deixe-os de costas, presidente, por favor", disse Bolsonaro


01 de abril de 2014, 21h35

Sociedade civil: há 50 anos na luta contra a ditadura

Meio século após o golpe militar que mudou a história do país, Organizações da Sociedade Civil continuam lutando contra as marcas que 21 anos de ditadura deixaram na política, na mídia, na polícia e na memória dos brasileiros


01 de abril de 2014, 13h51

Após participantes darem as costas a Bolsonaro, sessão volta a ser suspensa

Evento que acontece no Plenário da Câmara dos Deputados debate os 50 anos do golpe militar de 1964. Parlamentares e convidados protestaram contra fala de deputado que elogiou a ditadura


01 de abril de 2014, 12h38

Por que o Brasil não julgou seus torturadores?

A historiadora Dulce Pandolfi, torturada durante o regime militar, analisa os 50 anos do golpe à luz de fatos recentes, como a morte de Cláudia Ferreira


01 de abril de 2014, 11h10

Escola não pode ter nome de ditador

O Levante Popular da Juventude, que se notabilizou pela realização de escrachos contra os torturadores, lançou a campanha “Apague o ditador da sua escola”. Em todo país há aproximadamente 1.000 escolas identificadas pelo nome dos cinco ditadores que ocuparam o posto de presidente entre 1964 e 1985


31 de março de 2014, 15h16

Professores da Unicamp pedem revogação de Honoris Causa a Jarbas Passarinho

Moção pede que universidade reconheça publicamente que atribuição de título "contradiz a trajetória acadêmica, científica e intelectual da Universidade Estadual de Campinas", tendo sido uma decisão "equivocada"


31 de março de 2014, 14h09

1964: A efeméride da loucura

os grupos Globo, Folha e Estado não podem escapar ao fato de que seus dirigentes na época fizeram parte do grupo civil que manipulou e insuflou a violência militar contra as instituições. Meio século depois, os editores tentam reescrever a História


31 de março de 2014, 11h31

50 anos do golpe: “É preciso completar a transição democrática”

Em entrevista, o cientista político Milton Pinheiro discute as continuidades da ditadura militar; para ele, o brasileiro, em geral, desconhece a violência que ocorreu no período Por Gabriel Fabri Nos 50 anos do golpe militar, o livro “Ditadura: o que resta da transição” (Boitempo) traz 12 ensaios de pensadores como João Quartim de Moraes, Anita […]


30 de março de 2014, 12h25

Empresários que apoiaram o golpe de 64 construíram grandes fortunas com dinheiro público

Pesquisador afirma que no golpe dos empresários, a “mais beneficiada foi a Globo” Por Diário do Centro do Mundo Com mestrado na Pontifícia Universidade Católica (PUC) de São Paulo sobre os empresários e o golpe de 64 e em fase de conclusão do doutorado sobre os empresários e a Constituição de 1988, o professor Fabio […]


27 de março de 2014, 13h19

A presidenta falará esta noite?

Um discurso breve e contundente, que permitisse ao país fechar as cicatrizes do arbítrio, determinar responsabilidades históricas e anular o ultraje institucional que ainda permite, a torturadores e assassinos, esconder seus crimes ou reivindicá-los com galhardia Por Breno Altman Quando amanhecer o dia 31 de março, o país estará tomado pela recordação de uma etapa […]