#58 assassinados

05 de dezembro de 2017, 08h50

Denúncia: Anistia Internacional aponta que que 58 defensores dos direitos humanos foram assassinados em 2017 no Brasil

Os casos foram registados apenas entre os meses de janeiro e agosto e a maioria dos mortos estava envolvida com questões ligadas ao meio ambiente a à disputa de terra.