#aborto clandestino

16 de julho de 2015, 10h31

Mais uma mulher pode ter morrido vítima de aborto clandestino no Rio de Janeiro

Tatiana Camilato, de 31 anos e grávida de quatro meses e meio, saiu de casa há uma semana para fazer um aborto clandestino e não voltou mais. A família só voltou a ter notícias suas no dia seguinte, quando foi levada por uma mulher desconhecida ao hospital. Horas mais tarde, estava morta


27 de maio de 2015, 12h03

Aborto legal para que mulheres não morram

O aborto é um imenso problema no Brasil: na clandestinidade, milhares de mulheres recorrem a métodos perigosos para interromper a gestação. Como consequência disso, assistimos um verdadeiro banho de sangue –  e tal carnificina do corpo feminino só existe devido à ilegalidade do aborto. A única solução eficiente seria legalizar o procedimento. Com o aborto […]


04 de maio de 2015, 13h28

Nem cadeia, nem caixão: legalizar o aborto!

Com o dia das mães chegando, é imprescindível falar sobre o quadro de medo constante em que vivem as mulheres brasileiras. Liderado por Eduardo Cunha, o Congresso Nacional está à todo vapor para retroceder e remover direitos reprodutivos já conquistados pelas mulheres. Há projetos que visam tornar ilegal o aborto em caso de gravidez gerada […]


09 de março de 2015, 10h17

Cordel – Aborto

Por Jarid Arraes Quero usar minha poesia Pra falar de algo forte De um problema social Que já causa muita morte Condenando as mulheres E roubando-lhes a sorte. É o aborto clandestino Feito na ilegalidade Na sujeira e no terror Na vulnerabilidade Respaldado por machismo E por religiosidade. O aborto é proibido Com três casos […]


25 de novembro de 2014, 11h12

Precisamos falar sobre aborto

Há alguns meses, recebi um e-mail muito marcante. Com 38 anos, casada e mãe de dois filhos, Márcia* (como vou chamá-la aqui) me contava de forma atropelada a experiência traumatizante que estava vivendo. Segundo ela, sua intenção era apenas de desabafar, pois compreendia que nada mais poderia ser feito. Márcia vivia em uma situação bastante […]