#Abrasco

27 de julho de 2018, 20h23

Bachelet abre o encontro do setor mais progressista da saúde brasileira

A cada três anos, médicos sanitaristas, sociólogos e outros profissionais e acadêmicos brasileiros da saúde e da gestão pública se reúnem para discutir os rumos do seto; na abertura, ex-presidenta do Chile pediu a continuidade da resistência dos povos latino-americanos para vencer a nova tentativa de avanço do neoliberalismo