#Ademilson de Oliveira

12 de junho de 2017, 20h17

Dono da bicicleta que o menor tatuado teria roubado condena agressão: “Não consegui dormir”

“Fiquei pasmado, estou em choque até agora. Se eu estivesse aqui não teria deixado. Que dessem uns tapas na orelha dele e mandasse embora, ou chamassem a polícia. Não precisava fazer uma barbaridade dessas", disse o dono da bicicleta.