#Adlène Hicheur

18 de janeiro de 2016, 17h23

“Eu estou sendo caçado pela mídia por um crime que não cometi”

Acusado de “formação de quadrilha” com terroristas, ele já não devia mais nada à Justiça francesa quando chegou no Brasil, onde reconstruía sua carreira, viajando sempre para a Europa para ver a família, que vive na França