#Ambulante Morto

28 de dezembro de 2016, 12h50

Socorro a ambulante no metrô demorou uma hora

O ambulante Luiz Carlos Ruas, 54, recebeu o atendimento de equipes do Resgate e do Samu somente uma hora depois de ter sido espancado. Segundo imagens do circuito interno da estação Pedro 2º, o camelô começou a ser agredido às 20h53. Uma equipe do Resgate só é vista nas imagens às 21h51.