#ameaça a Stédile

12 de março de 2015, 09h53

Para MST, ameaça a Stedile é reflexo de “mídia partidarizada” que “promove o ódio e o preconceito”

Segundo o movimento, mídia "orfã de ética" é quem "alimenta as redes sociais com os valores mais anti-sociais e incivilizatórios". Sem terra criticam também o PSDB, que faria "oposição ao governo alimentando um ódio coletivo"