#Ângelo Goulart Villela

18 de setembro de 2017, 10h13

Procurador diz que Janot tinha pressa em tirar Temer e barrar Dodge, a quem chamava de “bruxa”

Ângelo Goulart Villela afirmou que espera que a Lava Jato continue apurando, mas com responsabilidade: “Hoje, prende-se para investigar. O ônus da prova é do investigado”.