#Antonio Candido

09 de fevereiro de 2014, 11h40

“Rolezinho”: diálogo com ideias de Antonio Candido

Direito à fantasia, acumulação sem limites e desigualdade. Como alguns dos temas estudados pelo mestre ajudariam a compreender novo fenômeno das periferias


17 de maio de 2013, 20h08

Antonio Cândido indica 10 livros para conhecer o Brasil

Crítico literário lista obras fundamentais para quem pretende adquirir boa informação a fim de poder fazer reflexões pertinentes


02 de outubro de 2012, 15h25

Chaui e Antônio Cândido vão ao ato da Cultura por Haddad, e você?

Hoje é o ato da cultura por Haddad em São Paulo. O evento vai acontecer, às 19h,  no Teatro do Novotel Jaraguá, na rua Martins Fontes, 71, no Centro de São Paulo. Marilena Chaui, Antônio Cândido, Gabriel Cohn, Fernando Anitelli (Teatro Mágico), Pablo Capilé (Fora do Eixo), Dalmo Dallari, Maria Victória Benevides, Lecy Brandão, Vladimir […]


20 de julho de 2011, 13h29

A esquerda: entre a competência e a construção do novo

Adorei a entrevista do Antonio Cândido no jornal Brasil de Fato. Embora discorde de algumas coisas ditas por ele, são discussões assim que elevam a alma da gente, coisa que está totalmente ausente da mídia hegemônica preocupada neste denuncismo seletivo que praticamente poupa as gestões demotucanas embora estas esteja cheias de indícios de irregularidades. Cândido […]


12 de julho de 2011, 21h27

Antonio Candido: “O socialismo é uma doutrina triunfante”

“O socialismo é uma doutrina triunfante” Por: Joana Tavares, da Redação Brasil de Fato 12/07/ 2011 Aos 93 anos, Antonio Candido explica a sua concepção de socialismo, fala sobre literatura e revela não se interessar por novas obras Crítico literário, professor, sociólogo, militante. Um adjetivo sozinho não consegue definir a importância de Antonio Candido para o Brasil. […]


12 de julho de 2011, 20h04

Brasil de Fato: Antonio Candido numa entrevista deliciosa

Segue uma entrevista feita com Antonio Candido pela jornalista Joana Tavares, do Brasil de Fato. É longa, mas tá uma delícia. Vale a pena ler do começo ao fim. Adorei a parte onde ele diz: “Não sei. Eu não tenho nem computador… as pessoas me perguntam: qual é o seu… como chama?…”. Antonio Candido falava de […]