#apócrifo

21 de agosto de 2014, 11h34

Cartazes anti-PT utilizados na abertura da Copa foram pagos por empresa

De acordo com investigação da Polícia Federal, os materiais apócrifos foram pagos pela empresa Multilaser; pena por difamação a partido político vai de 6 meses a dois anos