#Archer

17 de janeiro de 2015, 19h09

Em nota, Dilma Rousseff diz estar “consternada” com execução de brasileiro na Indonésia

A presidenta, em comunicado, disse reconhecer as “gravidades dos crimes que levaram à condenação de Archer”, mas que insistiu em um “apelo humanitário” Pro Redação A presidenta Dilma Rousseff declarou, em comunicado oficial, que lamenta “profundamente” a execução do brasileiro Marco Archer, realizada na tarde deste sábado (17). Rousseff, também enviou uma palavra “pesar e […]