#argumento

07 de fevereiro de 2017, 12h40

A última oração: por um mundo em que caibam pessoas além de nós

“Sou visível como vagabunda e depravada, e por mais anedótico que pareça para algumas pessoas, incluindo infelizmente ativistas feministas, tais difamações são danosas em si e decorrem ainda em outros danos consequentes. Uma coisa é você se afirmar vagabunda e depravada em seus próprios termos; outra coisa inteiramente distinta é ser construída personagem da fantasia […]