#artigo Jandira Feghali

24 de julho de 2015, 10h29

Jandira Feghali ironiza preconceituosos: “Beijinho no ombro pro ódio de plantão”

"'Piranha!', 'Viado!', 'Macaco!'. O país atravessa o período onde o xingamento gratuito, que violenta e agride, abandonou as saias civilizadas da tolerância social para ganhar corpo – e voz – nas discussões. O debate, muita das vezes, dá vez ao monstro do preconceito", denuncia, em artigo, a deputada do PCdoB, ao comentar as ofensas sexistas e racistas sofridas pelas estudantes Gabrielle D’Almeida e Mel Gomes na Universidade Federal Fluminense (UFF).