#ataque Charlie Hebdo

16 de janeiro de 2015, 10h02

Uma nova Cruzada na Europa?

Uma batalha se aproxima pela alma da Europa e a extrema-direita está marchando como se estivesse em 1099. Por isso é necessário resistir chamar de "combatentes" os assassinos de Paris e de "defensores da civilização ocidental" os cartunistas da Charlie Hebdo.


08 de janeiro de 2015, 08h06

Policial assassinado em vídeo era muçulmano

Ahmed Merabet tinha 42 anos e havia sido incumbido de patrulhar o bairro em Paris onde o escritório da revista estava localizado.