#ataques em Colônia

16 de fevereiro de 2016, 09h17

Polícia conclui que ataques a mulheres em Colônia não foram cometidos por refugiados sírios

Autoridades procuram 58 homens, entre argelinos, marroquinos, tunisianos e alemães, suspeitos de roubos e agressões sexuais contra mulheres no Ano Novo