#atores sociais

27 de junho de 2012, 12h41

O Estado e o armário. Cidadanias sexuais no Equador e na Bolívia

É preciso desentrelaçar os discursos e as agendas que classificam, com base no estigma do neoliberalismo, qual tipo de cidadão se requer