#baleados

25 de maio de 2018, 15h57

Caminhoneiros são vítimas de arma de fogo e dois homens são baleados

Ao menos dois casos de uso de arma de fogo contra os caminhoneiros paralisados foram registrados: um na Bahia, em que um policial militar alvejou um manifestante com um tiro no pé, e outro no RS, em que um motorista impedido de furar o bloqueio dos caminhoneiros disparou contra a virilha de um manifestante