#Barros Levenhagen

14 de abril de 2015, 10h51

Juízes chamam PL de inconstitucional e pedem ‘dignidade do trabalhador’

Presidente do TST diz que, enquanto não for sancionada lei, tribunal continuará aplicando súmula que impede terceirização na atividade-fim. Juízes e procuradores mostram pontos perigosos na matéria.