#Bartira Macedo

12 de outubro de 2018, 20h33

Bartira Macedo: “Não sabemos onde essa violência desenfreada vai nos levar”

“A partir do momento que se vislumbra que o país poderá ser governado por um defensor declarado da tortura as pessoas emanam o que há dentro delas”, diz primeira mulher negra e nordestina a se tornar diretora da Universidade Federal de Goiás