#campanha da fraternidade

14 de Fevereiro de 2018, 21h26

Igreja Católica rechaça apoio a candidatos que apoiem a violência, diz CNBB

A cúpula da Igreja Católica brasileira não apoiará candidatos que sustentem discursos que incentivem mais violência, como o de Bolsonaro, que apoia a distribuição de mais armas; para a entidade, reformas de Temer também podem ser consideradas como formas de violência