#caso Furnas

23 de abril de 2015, 20h23

João Auler, o executivo da Lava Jato que pode esclarecer supostas propinas ao PSDB

Alberto Youssef disse na Lava Jato que José Janene, em 2002, foi cobrar propina da Camargo Corrêa, sem sucesso. João Auler, executivo da empresa, teria dito que o PSDB chegou primeiro. Auler poderia esclarecer a acusação de que Aécio teria influência em Furnas