#caverna

04 de abril de 2019, 21h31

De volta à caverna: elogio à ignorância

É certo que Bolsonaro é cria da ignorância, mas, ao mesmo tempo, ele atua como um arauto, dando voz aos próprios ignorantes