#Central de Inteligência Americana (CIA)

11 de maio de 2018, 12h45

Para Bolsonaro, assassinatos na ditadura eram como ‘tapas no bumbum do filho’

Declaração de Bolsonaro, que é militar da reserva e defensor do regime militar, vem por conta da revelação de que Geisel ordenou execuções