#Centro Iemenita de Direitos Humanos

10 de setembro de 2013, 10h59

Menina de oito anos morre no Iêmen em lua de mel com marido de 40

Criança foi vendida pelo padastro por cerca de R$ 6 mil. Ativistas de direitos humanos pressionam para que o "marido" e a família sejam responsabilizados