#Chelsea Elizabeth

23 de abril de 2014, 21h19

Justiça autoriza e Bradley Manning agora é Chelsea Elizabeth

Ex-soldado americano, condenado a 30 anos de prisão por vazar segredos do exército para o Wikileaks, ganhou o direito de trocar os nomes em todos os seus documentos mas será mantido em penitenciária masculina