#conflitos armados

13 de abril de 2014, 10h18

A privatização da guerra em debate

Desde o fim da Guerra Fria e particularmente durante os conflitos do Afeganistão e Iraque, empresas militares e de segurança privadas apoiam exércitos em diversas tarefas. O resultado: uma indústria transnacional que faz parte da economia de guerra e, ao mesmo tempo, dos processos de pacificação e reconstrução