#corte internacional

04 de julho de 2018, 17h22

Corte internacional condena Brasil pelo assassinato de Vladimir Herzog 

Sentença de julgamento realizado hoje pelo Corte Interamericana de Direitos Humanos determina que a morte do jornalista Vladimir Herzog durante a ditadura militar brasileira foi um "crime contra a humanidade" e aponta o Estado brasileiro como o responsável direto pela falta de informações quanto ao assassinato; tribunal ordenou medidas de reparação