Cynthia Semíramis | Revista Fórum

#Cynthia Semíramis

28 de outubro de 2013, 15h57

Oito de março: dia de celebrar conquistas

É bastante comum a divulgação do Dia Internacional da Mulher tanto como um festival da beleza feminina como um dia para lamentar os grandes problemas enfrentados atualmente. É necessário incorporar a esse discurso a percepção histórica de que os direitos das mulheres se ampliaram nas últimas décadas, melhorando suas vidas radicalmente


16 de Abril de 2013, 14h59

Sobre a cultura do estupro

Expressão indica que a sociedade não só tolera como incentiva a violência contra mulheres, mas vai além: é um processo para constranger pessoas a se adequarem a papéis de gênero


11 de Janeiro de 2013, 13h43

Combatendo a violência contra mulheres

É necessário mudar a mentalidade das pessoas para que não aceitem mais a violência como forma de constranger alguém a mudar seus hábitos


09 de Janeiro de 2013, 18h54

Mídia: a maior propagadora do machismo

É necessário mostrar que é possível um mundo diferente, mais diversificado e respeitoso em relação a direitos humanos. E cabe à mídia alternativa, preocupada com questões sociais, tomar para si a luta por uma sociedade menos restritiva e excludente


08 de novembro de 2012, 19h16

Feminismos, neofeminismo e a luta pelos direitos das mulheres

Há pouca informação sobre as vertentes do movimento feminista e sobre seus posicionamentos em relação aos conceitos e direitos em disputa. Essa ausência de informação é agravada por movimentos neofeministas e pós-feministas, que muitas vezes defendem uma limitação de direitos em nome das mulheres


08 de Março de 2012, 11h20

O machistas no Dia Internacional da Mulher

Uma chance para os homens entenderem que as palavras que acham lindas podem ser muito ofensivas. Quem sabe esses discursos entram em extinção?


08 de Março de 2012, 10h23

Os direitos das mulheres só existem quando o Estado é laico

Se a religião interfere no Estado, traçando leis e políticas públicas de caráter religioso, a pluralidade de opções para mulheres e o respeito a seus desejos e sua diversidade deixam de existir.