#David Castro

10 de julho de 2016, 10h07

Acusado de roubo, jovem negro se arrepende de dizer que “racismo não existe”

O universitário David Castro foi ofendido e acusado de roubar um celular em uma lanchonete de Fortaleza; logo depois, a mulher achou o aparelho dentro da própria bolsa.