#ddesguais

26 de outubro de 2017, 15h34

“Brasil e São Paulo desiguais: são as mulheres que mais sofrem”, diz Alexandre Padilha

Dados do Mapa da Desigualdade mostram o percentual de gravidez na adolescência entre mães negras e não negras, além de exames de pré-natal insuficientes entre negras e não negras de cada região; bairros periféricos possuem números mais alarmantes.