#depredado

23 de novembro de 2017, 07h38

Intolerância religiosa: Terreiro de candomblé é depredado e incendiado em Luziânia

Polícia Civil vai fazer perícia no local para tentar identificar pistas e identificar suspeitos. Até o momento, ninguém havia sido preso. A hipótese principal indica que o incêndio tenha sido criminoso e praticado por alguém que já conhecia o local.