#desaforismos

25 de julho de 2016, 21h44

Brasil: nos tempos do Já Era!

No texto anterior que publiquei aqui (“A atualidade é velha”), listei “desaforismos” (aforismos um tanto desaforados) sobre a realidade política, econômica e social do Brasil hoje. E ameacei continuar! Pois, cumpro a minha palavra. Aí vão mais alguns “desaforismos”. Mas vou além, publicando também alguns “pós-conceitos, preguntas e kai-kais” extraídos de um livro que não […]


12 de julho de 2016, 14h46

A atualidade é velha

Conversando sobre as prisões de grandes empresários e políticos investigados pela Operação Lava Jato, o que é uma grande novidade no Brasil, falei sem pensar: “Mas em alguns casos, o Moro é mais moroso”. “No caso de políticos tucanos, então, nem moroso é”, alguém disse. “As acusações ficam no limbo”. Fora isso, prisão de empresários […]


18 de janeiro de 2014, 18h15

Recanto das Abobrinhas XXXII

Desaforismos (aforismos meio desaforados) Antigamente o diabo aparecia para as pessoas, para os fazendeiros. Hoje não aparece mais: ele tem medo. (Geraldo Tartaruga – São Luís do Paraitinga – SP) *** Água não tem cheiro, nem gosto, nem cor. Não existe em rios paulistanos. *** Entre um corrupto manjado e um futuro corrupto, não vote […]


02 de setembro de 2013, 13h35

Recanto das Abobrinhas XXXI

DESAFORISMOS (aforismos meio desaforados_ GovernaDOR, senaDOR, vereaDOR… Acho que entendi porque a política no Brasil é sofrível. * * * Para os Estados Unidos, nada melhor que os outros sejam países desunidos. * * * Sem-teto, sem-terra, sem-saúde, sem-escola que preste, sem-justiça, sem-emprego… Mas com-violência, com-fome, com-vermes, com-tudo quanto é merda… Ô vida de brasileiro! […]


10 de abril de 2013, 19h40

Recanto das Abobrinhas XXX

PÓS-CONCEITOS (conceitos que você não vai encontrar em nenhum dicionário) Mistérios gozosos – aquela cara de satisfação da mulher chegando em casa, que ela não conta de jeito nenhum o que aconteceu. • • • Equivalente – que vale o mesmo que um equino. • • • Seringueira – viciada em tóxicos injetáveis. Tem sempre uma seringa na bolsa. […]


05 de outubro de 2012, 16h54

Recanto das Abobrinhas XXVIII

Pós-conceitos (conceitos que você não vai encontrar em nenhum dicionário)   Guilhotina – mulher gostosona, do tipo que faz muita gente perder a cabeça. • • • Forense – pessoa que só dá bola fora. Muitas vão acabar nos tribunais! • • • Handicap–hand, em inglês, é mão. Handicap é a mão que capa. Então, por extensão, é o […]


19 de julho de 2012, 15h08

Recanto das Abobrinhas XXVII

Desaforismos (aforismos meio desaforados)   As transformações da década de 1990 expuseram ao mundo alguns palavrões antes ignorados por pessoas de família, como Bósnia-Herzegóvina, Tadjikistão e Tchetchênia. * * * Já zonearam até a camada de ozônio. * * * O amor é cego, a Justiça é cega… talvez seja por isso que levam tanta […]


06 de julho de 2012, 11h59

Desaforismos (aforismos meio desaforados)

Música, desde o final do século XX, na grande maioria, não é um barulho dos melhores. * * * Para pessimista, o semi-aberto é meio fechado. * * * Japonês come com pauzinho. Nos dois sentidos.     Kai-kais (desaforismos imitando haicais) No mundo da lua A imaginação se solta E a sisudez incrua * […]


28 de janeiro de 2012, 12h02

Recanto das Abobrinhas XXV

Pós conceitos (conceitos que você não vai encontrar em nenhum dicionário) Bolo fecal – bolo feito de fécula. Não é saboroso, muitas pessoas acham que é uma merda. *** Poroso – numa relação homossexual, é o que põe. O outro, que leva, é o levoso. *** Blush – cosmético que Bush, ex-presidente dos Estados Unidos, […]


15 de novembro de 2011, 12h09

Recanto das Abobrinhas XXIV

  Pós-conceitos (conceitos que você não vai encontrar em nenhum dicionário) Avalanche – sanduíche de arrasar! • • • Brain Storm – cientista inglês, tido como maior cérebro da meteorologia. Criou teses sobre tempestades. • • • Paulatino – piroca de romano, nos tempos antigos. Dizem que funcionava meio devagar.   Desaforimos (aforismos meio desaforados)   Tem restaurante em […]


18 de outubro de 2011, 12h32

Recanto das Abobrinhas XXIII

Desaforismos (aforismos meio desaforados)   Nem só o peido é prenúncio de uma cagada. Eleição também pode ser. • • • Os capitalistas querem sim preservar a natureza… desde que isso lhes dê lucro, claro! • • • O homem é o melhor amigo do cachorro.   Kai-kais (desaforismos imitando haicais) • • • Regime teocrático É coisa do demo, Não […]


12 de outubro de 2011, 11h49

Recanto das Abobrinhas XXII

Desaforismos (aforismos meio desaforados)  Na Semana da Criança, o bom mesmo é evitar uma. • • • Legislativo, executivo, judiciário… Um não legisla, outro não executa, só o que funciona é o outro… que judia! • • • Nestes tempos de galinhagem, é preciso ter postura!   Kai-kais (desaforismos imitando haicais) Feminino É muito diferente De fé no menino […]


21 de setembro de 2011, 14h53

Recanto das Abobrinhas XX

Pós-conceitos (conceitos que você não vai encontrar em nenhum dicionário)    Delirium tremens – alucinógeno feito de um tipo de lírio tremendo, forte pra danar. • • • Zenital – pênis ou vagina de quem tem a língua presa e troca o g pelo z. • • • Galileu Galilei – descobridor da Galileia, lugar a que deu nome. […]


18 de agosto de 2011, 11h35

Recanto das Abobrinhas XIX

  Desaforismos (aforismos desaforados)   Qualquer adulto que participar de uma festinha infantil, com aquelas criancinhas alegrinhas e seus gritinhos estridentes, corre o risco de achar que Herodes não estava tão errado assim… • • • Homem insensível também pode ter nó na garganta: o da gravata. • • • Um bom matrimônio pode garantir um bom patrimônio.   […]


05 de julho de 2011, 10h30

Recanto das Abobrinhas XVIII

  Desaforismos (aforismos meio desaforados) Os governos dançam conforme a música: se é samba, eles dançam rock; se é valsa, eles dançam tango; se é tango, eles dançam bolero… • • • Onde tem fumaça… tem não fumante reclamando. • • • Safra ruim! Plantei vento e colhi uma brisa.   Kai-kais (desaforismo imitando haicais)  Ser da noite, Eu […]