#desordem

16 de fevereiro de 2018, 17h02

A intervenção militar: entre o riso carnavalesco e o medo oficial

O medo da desordem, como ocorreu no período da ditadura militar que levou muitos brasileiros a defender a intervenção, parece ter voltado. É uma moeda muito interessante para os donos do poder: manter a violência em níveis catastróficos em períodos de crise para agir de forma radical