#digitais

07 de setembro de 2017, 12h02

Geddel deixou digitais no “bunker’ da propina

Polícia Federal encontrou vestígios da presença do ex-ministro no apartamento onde foi feita a maior apreensão em dinheiro vivo da história: R$ 51 milhões.