#Donato Di Mauro

28 de outubro de 2013, 15h07

Neonazista que enforcou mendigo recebe liberdade

Justiça permite liberdade a neonazista preso após enforcar morador de rua. Juíza Raquel Vasconcelos Alves de Lima concedeu alvará de soltura para Donato Di Mauro


15 de abril de 2013, 20h11

Donato di Mauro, neonazista que postou foto enforcando morador de rua, é preso

Donato di Mauro,  25 anos, que postou uma foto no Facebook enforcando um morador de rua, em Belo Horizonte, com uma corrente, foi preso neste domingo (14). Ele foi tema de um duro post neste espaço. Donato Di Mauro, na verdade chama-se Antônio Donato Baudson Peret. Investigadores da Polícia Civil de Minas Gerais foram até Americana, interior de São […]


15 de abril de 2013, 13h20

Flagrante da prisão pela GCM de Americana-SP do suspeito de enforcar morador de rua e se exibir no Facebook

Leia também: Mapa da intolerância no Brasil: Região Sul, SP, DF e Minas Gerais com mais ‘neonazistas’ no país Vídeo mostra prisão de neonazista investigado por agredir gays e negros em BH Redação de Belo Horizonte de A a Z 15/04/2013 A Guarda Municipal de Americana, cidade do interior de São Paulo, divulgou um vídeo […]


15 de abril de 2013, 12h13

Mapa da intolerância no Brasil: Região Sul, SP, DF e Minas Gerais com mais ‘neonazistas’ no país

Especial: estudo de pesquisadora que há 11 anos mapeia o movimento neonazista na internet aponta que, no Brasil, os grupos neonazistas são predominantes na região sul, mas crescem no Distrito Federal, São Paulo e Minas Gerais: SÉRIE ESPECIAL SOBRE NEONAZISMO: – Ministério Público avalia denúncia da agressão de neonazista em BH – Vácuo jurídico e pouco investimento […]


05 de abril de 2013, 22h50

Uma besta que atende pelo nome de Donato Di Mauro

Aos 25 anos, o sujeito tem um perfil no Facebook onde fica exibindo além de músculos, sua idiotice. E num ato maior de altivez da sua ignorância posta uma foto enforcando com uma corrente um morador de rua. O nome dele é Donato Di Mauro. Fui no seu Facebook. E você pode ir também. Basta […]