#Dorothy Stang

31 de março de 2018, 17h57

Ruralistas do Pará lançam ataque sem precedentes contra Igreja Católica

Há uma razão oculta sob o volume da campanha de ódio dos latifundiários paraenses, que esteve na origem do assassinato de Dorothy Stang e agora da prisão de padre Amaro: um bilionário esquema fraudulento de que privatizou e devastou extensas áreas da Amazônia.


27 de março de 2018, 16h43

Braço direito de Dorothy Stang, padre Amaro Lopes é preso no Pará

O religioso, uma das principais lideranças da Pastoral da Terra e da luta pelo assentamento de sem terras e regularização fundiária, foi preso sob acusações que vão de extorsão até assédio sexual; mídia internacional já falou que Amaro é vítima de difamação para deslegitimar sua ação social


12 de fevereiro de 2016, 12h09

Quem matou Dorothy Stang, em 12 de fevereiro de 2005, continua matando

A repercussão desse assassinato deu a impressão que a violência de crimes praticados por motivos idênticos, se não fosse eliminada, pelo menos diminuiria. Os fatos posteriores vêm provando o contrário


12 de fevereiro de 2015, 09h31

Pará concentra 38% dos assassinatos por conflito de terra no país

O estado registrou 645 mortes por conflitos no campo de 1985 a 2013, número cinco vezes maior do que o Maranhão, que está em segundo lugar no ranking; o assassinato da missionária Dorothy Stang, em Anapu (PA), ganhou repercussão internacional e hoje completa dez anos.


20 de setembro de 2013, 09h10

Fazendeiro acusado de ordenar a morte de Dorothy Stang é condenado a 30 anos de prisão

Vitalmiro Bastos de Moura, que já está preso em regime semiaberto, não poderá recorrer em liberdade


12 de agosto de 2013, 13h10

Onde está Welbert?

Organizações denunciam assassinato de agricultor em fazenda no sul do Pará que pertence a grupo ligado ao banqueiro Daniel Dantas; vítima está desaparecida desde o dia 24


03 de maio de 2010, 13h16

Justiça condena último acusado da morte de Dorothy Stang

Último acusado de ser o mandante do assassinato de Dorothy Stang que aguardava julgamento, Regivaldo Pereira Galvão, é condenado a 30 anos de prisão.


08 de março de 2010, 15h30

Mataram Irmã Dorothy. E os mandantes não foram punidos.

Processo contra mandantes do assassinato de Dorothy Stang é marcado por interferências e reviravoltas jurídicas. Após cinco anos, nenhum deles cumpre pena, conforme explica o assistente de acusação Aton Fon Filho. Por Camila Souza Ramos Dorothy Mae Stang, ou Irmã Dorothy, era missionária da congregação das Irmãs de Nossa Senhora de Namur, congregação religiosa feminina […]


12 de fevereiro de 2010, 16h59

Cinco anos após a morte da Irmã Dorothy, mandante ainda não foi julgado

No aniversário da morte da missonária, data de julgamento de um dos mandantes do crime é anunciada. Outro fazendeiro está preso preventivamente e aguarda decisão semelhante


24 de julho de 2007, 13h50

Acusados da morte de Dorothy Stang são denunciados por trabalho escravo

Regivaldo Pereira Galvão, o Taradão, Vitalmiro Bastos de Moura, o Bida, Vander Paixão Bastos de Moura e Valdivino Felipe de Andrade Filho, foram denunciados sob acusação de manter 28 trabalhadores em condição de escravidão


06 de junho de 2007, 18h09

Fazendeiro acusado de mandante no assassinato de irmã Dorothy é condenado a pena máxima

O fazendeiro Vitalmiro Bastos de Moura, o Bida, foi condenado a 30 anos de prisão sob acusação de ser o mandante do assassinato da missionária norte-americana Dorothy Stang, em 2005. A pena será cumprida em regime fechado. Se recorrer, terá de aguardar o novo julgamento detido.


09 de maio de 2007, 02h03

Movimentos sociais pedem justiça para o assassinato de irmã Dorothy

Comitê Dorothy, junto aos movimentos sociais do Pará, está organizando um grande acampamento para pressionar o Estado a fazer justiça pelo assassinato da irmã Dorothy Mae Stang, em Anapu (PA), no dia 12 de fevereiro de 2005.