#Eduardo de Jesus

04 de novembro de 2015, 11h04

Anistia Internacional repudia conclusão sobre morte do menino Eduardo: “Aberração”

Segundo o inquérito da Divisão de Homicídios (DH), os policiais agiram em legítima defesa durante troca de tiros com traficantes no Complexo do Alemão e acabaram atingindo o garoto; a família da vítima contesta essa versão.