#Eduardo Febbro

28 de fevereiro de 2013, 11h36

O melancólico fim do papado de Bento XVI

Ratzinger é um personagem com muitos rostos e deixa um legado a partir do qual a igreja não poderá mais ser a mesma. Seu pontificado é uma mancha de escândalos