#Eduardo Odloack

21 de julho de 2017, 11h43

Bate-pau de Doria, MBL, ataca jornalista que denunciou uso de jatos de água pra acordar sem tetos

A matéria de Camila, no entanto, é detalhada. Além de presenciar a ação, a repórter ouviu diversos moradores das imediações. Todos, sem exceção, disseram que a prática da equipe de limpeza é usual, que seus pertences eram sempre molhados e eles tinham que estar atentos e procurar acordar antes da passagem da equipe para evitar os jatos d’água.